VISITAS

17 de julho de 2011

"A arquitetura da minha alma é barroca. Sou fraca, sou forte, sou luz e sou sombra. Sou de aço, sou de flores."


(Pe. Fábio de Melo)