VISITAS

30 de dezembro de 2016

Desejo...

Existe um poema de Vítor Hugo, que chama-se "Desejo", é um dos meus preferidos, sempre me foi muito inspirador. Depois conheci na internet ilustrações de uma artista chamada Philippa Rice, que retrata situações rotineiras e comuns do dia-a-dia de um casal, e fez tanto sucesso na web que acabou originando um livro. (Vou deixar o link das ilustrações da artista, caso queiram conhecer o trabalho da mesma. 
http://www.hypeness.com.br/2015/12/artista-cria-serie-de-ilustracoes-para-provar-que-o-amor-esta-nas-pequenas-coisas/)

Na minha opinião, tanto o poema do grande poeta Vítor Hugo quanto essas ilustrações "casam" muito bem, e elas acabaram me inspirando a escrever este poema, e como estamos prestes a iniciar um novo ano, e com ele 365 novas oportunidades, resolvi oferecer-lhe de presente de ano-novo o meu novo poema - "Desejo". Aproveito para desejar a todos, um FELIZ 2017! 



Desejo

Desejo que você viva com mais simplicidade
E que com ela você passe a valorizar a verdadeira riqueza que todos nós possuímos.

Desejo que você acorde todas as manhãs com saúde,
Desejo que você lembre-se de agradecer por abrir seus olhos, por estar enxergando e respirando.

Desejo que você aprenda a observar e se encantar com o voo de um pássaro, de uma borboleta...
Que você possa observar o desabrochar de uma flor
O desenho de uma nuvem
Uma noite estrelada e o brilho da lua
O cheiro de grama e terra molhada
A sombra de uma árvore
O som do riacho
E a brincar com o vento que vêm a bagunçar seus cabelos...

Desejo que você tenha onde morar, mas principalmente, que você tenha um lar.
Desejo também que você possa viajar, afinal, as viagens abrem nossas mentes, nossa alma
Mas desejo também, que você tenha um lar para onde voltar
E que em seu lar haja calor humano e amor

Desejo que você valorize suas pernas
E que através delas você possa desfrutar de uma caminhada
Que nessa caminhada haja um par para andar de mãos dadas com você
Desejo que juntos vocês possam apreciar a paisagem, os presentes que a natureza sempre nos dá, como um belo pôr-do-sol.

Desejo que ao olhar para a pessoa que estiver ao seu lado, de mãos dadas
Você possa sorrir por se sentir grato em ter essa pessoa ao seu lado
E por ela querer estar ao seu lado.
Desejo que entre vocês haja admiração, parceria e amor.

Desejo a você dias frios e chuvosos,
Sim, precisamos da chuva, precisamos de água - ela é vida.
Que você possa entender que quem transforma um dia frio e chuvoso para quente e colorido é você mesmo, a opção é sempre sua!

Desejo que você tenha braços
Braços para trabalhar
Braços para carregar as compras do mercado ou qualquer outra,
Braços para carregar um bebê
Braços para carregar a pessoa amada
Desejo principalmente, que você tenha braços para abraçar!

Desejo que você erre, pois, isso lhe dará a noção de ser humano... nós somos passíveis aos erros
Mas não se culpe, procure aprender com seu erro, analise a situação outra vez, sempre existe uma lição positiva.

Desejo que você tenha rugas e cabelos brancos
Rugas de sorrisos, rugas que marcam a passagem do tempo
Que ao olhar para suas rugas e seus fios brancos você possa sentir gratidão
Afinal, você teve a oportunidade de chegar muito mais longe do que outras pessoas
Agradeça cada etapa da sua vida, cada uma delas tem sua importância, seu valor.

Desejo que você tenha contas a pagar, que você tem um horário fixo no seu despertador, que você reclame do seu chefe ou do seu colega de trabalho...
Isso significa que você tem um trabalho, um salário, e a chance de conviver com outras pessoas. Mas, e se algo realmente lhe incomoda excessivamente, lembre-se - VOCÊ é a única pessoa que tem o poder de mudar o que não te lhe agrada.

Desejo que você tenha um amor,
um amor em que vocês possam fazer tudo e nada juntos e mesmo assim ser a melhor programação do mundo!
Desejo que enquanto um estiver trabalhando ou jogando vídeo-game o outro possa se sentar próximo para ler ou fazer alguma atividade sem sentir que está invadindo o espaço do companheiro.
Desejo que você queime o jantar e que possam rir da situação e ligarem para a pizzaria mais próxima sem grosserias ou acusações.
Desejo que vocês discutam e que logo após possam fazer as pazes com muitos beijos, abraços e carícias.

Desejo que você tenha medo
mas que ele não o paralise
Desejo que você aprenda a superá-lo e sinta orgulho de si mesmo por este feito!

Desejo que tenha sonhos
sonhe muito
sonhe alto
E lembre você pode alcançá-lo
você pode tudo o que quiser é só você acreditar e lutar,
Desejo que arregace as mangas e vá a luta!

Desejo, por fim, que você VIVA E NÃO APENAS EXISTA!

(Lílian Neves)





29 de dezembro de 2016

Felicidade é a viagem....


"Não são as coisas que possuímos ou compramos que representam riqueza, plenitude e felicidade.

São os momentos especiais que não tem preço, as pessoas que estão próximas da gente e que nos amam, a saúde, os amigos que escolhemos, a nossa paz de espírito.


Felicidade não é o destino e sim a viagem."






(Martha Medeiros)

18 de dezembro de 2016

O encontro





"Não havíamos marcado hora, não havíamos marcado lugar.

             E, na infinita possibilidade de lugares, na infinita 

possibilidade de tempos,

                   nossos tempos e nossos lugares coincidiram.

                                                  E deu-se o encontro."


                                                   (Rubem Alves)

25 de novembro de 2016

Intensa!





Sou intensa,


Sou inteira,

Sou cheia,

Transbordo

Transbordo amor,

Transbordo alegria,

Transbordo desejo

Transbordo esperança

Transbordo autoconfiança

Transbordo amor próprio

Transbordo respeito, a mim mesma e as outras pessoas

Sou cheia, sou inteira

Sou intensa, sou plena

Quero tudo

Quero sempre mais

Não aceito o pouco,

Não aceito metades

Não aceito restos

Não aceito migalhas

Migalhas de atenção não me interessam

Migalhas de carinho não me prendem

Falso amor não me conquista

Não me venha com dúvidas

Com falta de amor

Com falta de sabor

Com falta de cor

Com falta de melodia e calor...

Não sou mulher de meios amores,

Nem do morno,

Nem do frio

Nem do sem gosto

Nem do sem tempero

Do sem cheiro e sem cor

Do incerto e dos medos

Pois, os medos para mim foram feitos para serem superados

Quero inteiro,

Quero que transborde também,

Quero quente

Pulsante

Vibrante

Com coragem

Amor e vigor...

Sou assim, inteira, quente, pulsante, dominante!

Sinto pelos tolos que me ignoraram

Pelos idiotas que me perderam

Pelos fracos que me deixaram escapar

Mas felizes os que ainda irão me conhecer!



(Lílian Neves)

31 de outubro de 2016

O Sonho




Ela sonhava e caminhava,

Caminhava e sonhava...

Um dia qualquer foi surpreendida

Teria aquela alma saído de seus sonhos?

Não poderia ser.... ela não acreditava mais

Já havia bloqueado,

O muro já estava alto, forte e seguro

Mas as semelhanças, as afinidades

Deveriam significar algo...

Existia algo ali...

Foi imprudente

Foi precipitada

Descuidada, um pouco ousada, não saberia dizer...

Arriscou e sonhou

Sincera, sem ressalvas, tampouco joguetes...

Se permitiu...

Mas, foi em um daqueles sonhos que a gente tem durante a noite

Foi nele, neste sonho estranho, um pesadelo, triste, sombrio, perturbador

Foi o sonho, que a despertou para a realidade....

Uma realidade ainda mais triste e assustadora do que o sonho...

A realidade se tornou dura, fria, gélida...

Como um vagante branco....

Não quis acreditar de início, não poderia ser a verdade...

Mas era verdade, uma verdade cortante, gélida e decepcionante...

Os sonhos que ela sonhou acordada começaram a então a ruir...

Doeu muito e ela chorou....

Não porque achou que fosse eterno ou um conto de fadas, não.

Doeu porque a decepção doe...

Doeu porque achou que fosse sincero e mutuo, até quando duraria?!

Só os deuses sabem, mas não era mutuo, nunca foi verdadeiro... então nunca saberemos....

Mas ela entendeu, foi tudo uma ilusão...

Na verdade, sempre houve dúvida se era real ou obra da sua imaginação fértil....

E lá estava ela, sozinha, em meio a neve que caia intensa com o vento gélido soprando do 
Norte... quase lhe congelou a alma...

Mas o frio sempre lhe fez bem, a fez despertar de seus devaneios, de toda confusão e acalmou a alma...

Trouxe-lhe a paz e a serenidade novamente...


E esse mesmo frio me fez lembrar de que sou o tipo de pessoa que me entrego por inteiro, mas, que quando eu desisto também desisto por inteiro!






(Lílian Neves)

16 de outubro de 2016

Eu & eu mesma!




Me sinto totalmente deslocada, quando adolescente achava que era coisa da idade, mas com o passar dos anos eu continuo me sentindo um E.T, abandonada neste planeta estranho.... 

Não me encaixo muito bem neste meio, tenho gostos peculiares, opinião forte, a simplicidade me cativa e me emociona, não gosto de protocolos e classificações, muito menos julgamentos....

Gosto de música clássica, gosto de rock e sim, eu acho que há similaridades neles! Prefiro dias mais frescos e até um pouquinho frio, gosto de céu azul e não gosto de sol escaldante. 


Prefiro meus livros a novelas, amo filmes no cinema ou em casa e séries também. Amo ir ao teatro e vou acompanhada de mim mesma, bem como ao cinema, afinal não existe companhia melhor que a minha! 

Amo sair para comer e conversar, tudo isso regado a boas risadas. Mas também amo ficar perdida em meio aos meus devaneios, como por exemplo, universo paralelo, sobre o poder e a força das energias do universo, em quão poderoso nosso cérebro é... E não o usamos, em como somos pequenos e tão pouco evoluídos perante as maravilhas de Deus, em como a natureza é generosa, poderosa e nos ensina tanto e a maioria não a enxerga e nem a respeita!


Amo casas antigas, amo aqueles vestidos antigos, uso de chapéus, sombrinhas.... Tudo meio século XIX me encanta. Amo ser mulher e feminina, delicada e nem por isso frágil ou sem opinião. Amo ser cortejada, respeitada e admirada.


Amo saber o que quero e principalmente o que não quero. 


Amo não me importar com as opiniões alheia sobre a minha própria vida, afinal ela é minha e só interessa a mim. 


Amo não seguir os “protocolos da sociedade hipócrita”, afinal a sociedade não tem nada a ver com as minhas escolhas!


Amo fechar os olhos, abrir os braços enquanto o vento acaricia meu rosto e meus cabelos a esvoaçar .... 


Amo deitar no chão observar o céu azul e ouvir o canto dos pássaros... A noite ficar a observar as estrelas.... Me sinto fazendo parte de algo maior e mais importante, me sinto plena e me sinto feliz com toda essa simplicidade que é a vida!


(Lílian Neves) 

Pessoas vazias são chatas....


"Eu sou uma eterna apaixonada por palavras, música e pessoas inteiras. Não me importa seu sobrenome, onde você nasceu, quanto carrega no bolso. Pessoas vazias são chatas e me dão sono."







(Clarice Lispector)

8 de outubro de 2016

Tenho medo...



Tenho medo...
Medo de errar,
Medo de ser perfeita,
Medo de não corresponder às expectativas que depositam em mim,
Medo de não ser compreendida,
Medo de não ser respeitada,
Medo de decepcionar,
Medo de arriscar,
Medo de falhar,
Medo de não ser tão boa,
Medo de não ser tão ruim,
Medo de não ser tão inteligente,
Medo de ser livre,
Medo de ser feliz,
Medo de amar,
Medo de gritar e chorar,
Medo de viver...
Penso em todos, me preocupo com todos, mas será que alguém se preocupa comigo?
Quem realmente me vê?
Quem me valoriza de verdade?
Será que alguém percebe os meus esforços?
Alguém percebe as lágrimas de sangue que percorrem a minha face e marcam minha alma?
Será que alguém me ama mesmo?

Será que alguém um dia me amará de verdade?
Será que algum dia irei amar também?
Será que um dia eu vou me amar?

Sim, um dia irei me amar e temores não haverá mais.... 






(Lílian Neves)

24 de setembro de 2016

Palavras se completam...


“Eu nunca gostei da matemática, das contas. Contas são exatas e os números se bastam por si só. Não há dúvidas, não há erro. O que é certo é certo, o que não está certo, é errado. A matemática e suas exatidões me cansam. Eu prefiro o mistério das letras, a incerteza das palavras e a beleza das poesias. Palavras não se somam, se completam.




(Autor Desconhecido)

19 de agosto de 2016

Espinhos me definem melhor....



"Não sou sempre flor. 

Às vezes espinho me define tão melhor. 

Mas só espeto os dedos de quem acha que me tem nas mãos."

(Clarice Lispector)

26 de julho de 2016

Palavras ao Vento...


Porque eu escrevo? Escrevo para viver, para me sentir viva...
Escrevo porque mergulho em mim,
Vou do meu melhor ao meu pior...
 

Visito dores antigas, revejo lugares que guardo com carinho
Outros, finjo não ver... Ainda não me sinto pronta para enfrenta-los.

Escrevo porque as palavras vivem em mim, e eu nelas
Somos apenas um...

Vejo beleza, vejo lápis e papel...
Vejo pergaminho e tinta fresca...
Vejo prosa e verso
Vejo poesia em palavras ao vento...

Vejo flores,
Vejo borboletas,
Vejo letras...
Colorem meu céu...
Voam livres pelo ar...
Tocam meu coração...
 
 
 
Palavras não são apenas palavras
Palavras são vida...
São experiências...
São melodias...
São sentimentos...
São desejos...
São medos...
 
Não são apenas palavras!
Palavras criam, e também destroem...
Palavras aproximam e também afastam...
Com palavras dá-se a vida ou a morte.
Com elas se fere ou se cura...
Palavras acalentam e magoam...
Palavras não são apenas palavras...

Palavras, para escrever,
Palavras, para sobreviver...


Palavras voam livre...
Palavras ao vento...
 

 
 

(Lílian Neves)

16 de maio de 2016

Pouco não me serve

 
"Pouco não me serve, médio não me satisfaz, metades nunca foram meu forte! Atitudes me ganham ou me perdem, para sempre!"
 
 
 
 
(Clarice Lispector)
 
 

7 de maio de 2016

Feliz dia das Mães


Mais um dia das mães, e graças a Deus mais uma vez comemorando ao seu lado. Como você sabe, desde de muito pequena acredito em almas gêmeas e em outras vidas. E é o que acredito sobre nós, que nosso amor, nossa amizade e carinho atravessou muitas vidas, muitas eras e gerações, afinal, temos uma ligação muito forte e bonita.

Só posso agradecer a Deus pela oportunidade de viver ao seu lado novamente, aprendendo e errando junto com você, termos uma à outra nos ajudando, nos apoiando, nos respeitando e nos admirando.

Agradeço ao Pai, pela oportunidade e pelo presente em ser sua filha, por encontrar em você força quando ela me falta, por encontrar amor quando ele me é negado por outros, fé quando a minha falha, esperança quando abandono a minha pela estrada, ombro amigo e ouvido atento quando outros que se dizem presente me abandonam e não me escutam quando preciso, encontro apoio e compreensão sem julgamento quando outros iriam me julgar e muitas vezes condenar... Obrigada por sempre estar comigo entre lágrimas e sorrisos, entre abraços e apoio, entre vitórias e derrotas, entre fé e confiança, obrigada por nunca ter me negado amor e atenção, admiração e cuidado. VOCÊ É O AMOR DA MINHA VIDA, você é meu exemplo de resignação, de fé e perseverança.

Obrigada por sempre me olhar com carinho nos olhos e um sorriso pleno nos lábios, obrigada por ser quem você é. Obrigada por ser minha mãe, obrigada por ser a MELHOR MÃE DO MUNDO!

Amo você infinitamente.
 
 

(Lílian Neves)

29 de abril de 2016

Coragem...


Coragem, às vezes, é desapego.

É parar de se esticar, em vão, para trazer a linha de volta. É permitir que voe sem que nos leve junto.
É aceitar que a esperança há muito se desprendeu do sonho. É aceitar doer inteiro até florir de novo.
É abençoar o amor, aquele lá, que a gente já não alcança mais.



(Ana Jácomo)

19 de abril de 2016

O que somos...

"O que fazemos na hora de trabalho determina 
o que temos.


O que fazemos nas horas de lazer determina 
o que somos."





(Charles Schulz)




23 de março de 2016

Liberdade & Amor




Me deixe livre,
Não me ronde,
Não me cerque.

Não me obrigue há nada,
Mas, se souberes pedir
Podes ter tudo.

Sou de alma leve, e espírito livre.
Sou riso fácil, mas difícil de confiar.
Sou rasa, sou profunda.

Não gosto de correntes, e prisões.

Sou uma dama da monarquia,
Mas, por vezes,
Sou a rainha no baile da favela.

Não me julgue, não me rotule.

Vivo em constante mutação.
Vivo a busca constante pela evolução.
Vivo em busca do vento libertador
E do sopro do saber.

Me jogo de braços abertos
Com os cabelos ao vento...
E palavras fogem ao vento...

Fecho os olhos e confio,
No Universo,
No infinito,
No macro,
No tudo...

Não aprisione meu coração,
Ele é livre.
Confio apenas no amor que liberta,
E, não naquele que aprisiona.

Sigo rumo ao pôr-do-sol...
Sigo em direção ao vento...
Sigo a borboleta que livre voa...
Sigo o caminho genuíno do amor.

Sou um passarinho itinerante.
Vibro, pulso e respiro,
Liberdade... e... Amor!



(Lílian Neves)

5 de março de 2016

As quatro leis da Índia






As quatro leis da Índia:



A primeira diz:

“A pessoa que vem é a pessoa certa“.


Ninguém entra em nossas vidas por acaso. Todas as pessoas ao nosso redor, interagindo com a gente, têm algo para nos fazer aprender e avançar em cada situação.




A segunda lei diz:

 "Aconteceu a única coisa que poderia ter acontecido."

Nada, absolutamente nada do que acontece em nossas vidas poderia ter sido de outra forma. Mesmo o menor detalhe. Não há nenhum “se eu tivesse feito tal coisa…” ou “aconteceu que um outro…”. Não. O que aconteceu foi tudo o que poderia ter acontecido, e foi para aprendermos a lição e seguirmos em frente. Todas e cada uma das situações que acontecem em nossas vidas são perfeitas.




A terceira diz

“Toda vez que você iniciar é o momento certo“.



Tudo começa na hora certa, nem antes nem depois. Quando estamos prontos para iniciar algo novo em nossas vidas, é que as coisas acontecem.



E a quarta e última afirma

“Quando algo termina, ele termina“.



Simplesmente assim. Se algo acabou em nossas vidas é para a nossa evolução. Por isso, é melhor sair, ir em frente e se enriquecer com a experiência. Não é por acaso que estamos lendo este texto agora. Se ele vem à nossa vida hoje, é porque estamos preparados para entender que nenhum floco de neve cai no lugar errado.

(Leis da Índia)

22 de fevereiro de 2016

Mude!

A gente se encontra...

"De repente, a gente se encontra 
numa esquina, 
numa praia, 
num outro planeta, 
no meio duma festa,
 ou duma fossa, 
a gente se encontra, tenho certeza."







(Caio F. Abreu)

14 de fevereiro de 2016

Mulher Ideal


"Um homem só encontra a mulher ideal quando olhar no seu rosto e ver um anjo e, tendo-a nos braços, ter as tentações que só os demônios provocam." 









(Pablo Neruda)

6 de fevereiro de 2016

Estado agudo de felicidade!




É tão difícil falar e dizer coisas que não podem ser ditas. 

É tão silencioso. 

Como traduzir o silêncio do encontro real entre nós dois? 

Dificílimo contar. 

Olhei pra você fixamente por instantes. 

Tais momentos são meu segredo. 

Houve o que se chama de comunhão perfeita. 

Eu chamo isto de estado agudo de felicidade




(Clarice Lispector)

4 de fevereiro de 2016

Sou Sentimental



Tenho tanto sentimento
Que é freqüente persuadir-me
De que sou sentimental,
Mas reconheço, ao medir-me,
Que tudo isso é pensamento,
Que não senti afinal.

Temos, todos que vivemos,
Uma vida que é vivida
E outra vida que é pensada,
E a única vida que temos
É essa que é dividida
Entre a verdadeira e a errada.

Qual porém é a verdadeira
E qual errada, ninguém
Nos saberá explicar;
E vivemos de maneira
Que a vida que a gente tem
É a que tem que pensar.



(Fernando Pessoa)