VISITAS

14 de março de 2017

Rio e Mar & Sol e Lua

A música diz que o rio sempre encontra o mar...

Eu achei que seríamos assim...

Você o mar, em sua vastidão de oceano, imponente ali sem grandes deslocamentos aparente a vista de todos...

Demonstrando calma para quem olhe de fora... enquanto revoltas internas agitam suas águas profundas....

Eu seria o rio, correndo veloz... contornando montanhas, pedras e galhos... me tornando diferente a cada curva, a cada novo obstáculo a ser superado...

Mas eu achei que o rio encontraria o mar, que o final dessa viagem seria as águas do rio desaguarem nas águas do mar.

Mas eu estava enganada... nem sempre as águas do rio vão para o oceano... Algumas vezes intervenções externas mudam o curso... 

Será isso o que aconteceu com a gente?

Será que somos noite e dia?

Gelo e fogo?

Será que somos sol e lua?

Encontros impossíveis?

Dois amantes... sentimentos forte, latente e pulsante...

Porém impossibilitados de ficarem juntos? De viverem esse amor?



Se somos sol e lua, então torço para haja dias de eclipses!






(Lílian Neves)