VISITAS

13 de setembro de 2010

Como é possível?!!



O tempo vai passando, no calendário os dias, os meses e os anos são sempre atualizados. Mudam-se as estações do ano, muda-se a temperatura, muda-se os governos, muda-se a moda, muda-se a música do momento, tudo muda...


Só o que não muda, é a minha espera por você!



VOCÊ... Como é possível sentir a sua presença se nós ainda não nos conhecemos, como é possível eu saber que há tanta cumplicidade entre nós, como é possível saber que nos divertimos e gostando exageradamente da companhia um do outro, como é possível saber que seu abraço será o mais protetor e caloroso de todos, que seu sorriso será capaz de iluminar meus dias, de afastar todas as tristezas...


Como é possível eu saber que é ao seu lado que para sempre quero estar, que é ao seu lado que quero ver as horas, os dias, os meses e os anos passar...


Como é possível eu sentir saudades de você, saudades da sua companhia, saudades das nossas conversas de horas a fio, das gargalhadas descontraídas... Saudades do seu carinho, do seu amor, da sua admiração...



Como posso sentir tanto a sua falta se eu ainda não sei quem é você, só o que sei é...

Eu espero que você não tarde a chegar... Mas quando chegares; quando nós nos encontrarmos o que vamos dizer será:

Como pude viver tanto tempo sem você?”.



 
 
(Lílian Neves)